Pesquisar este blog

sexta-feira, 25 de março de 2011

O Vício Pornográfico

Nunca antes existiu a oportunidade de alimentar e cultivar um vício secreto. Com a chegada da Internet, tudo mudou. O que antes estava longe e exigia esforço para alcançar, agora pode-se experimentar com um simples clique do mouse. O sexo na Internet oferece de tudo: bate-papos sexuais ao vivo com parceiros do mundo inteiro, fotos e vídeos contendo imagens de excitantes corpos femininos, etc. A conseqüência é que os homens acabam se tornando consumidores descontrolados dessas ofertas. Sem mencionar a TV e as revistas. Para todos os lugares onde olham, os homens se deparam com imagens de mulheres sedutoras. Até mesmo as super-heroínas mais "inocentes" dos programas de TV têm seios grandes e sensuais e roupas bem curtas. Assim é que, como o gênio da lâmpada pronto para satisfazer aos desejos da imaginação de um homem, a Internet, as revistas e a TV rodeiam os olhos e a mente masculina com suas estonteantes iguarias de nudez e sexo. Será que seria difícil imaginar a reação dos homens a esses convites? 
• Anualmente, a indústria pornográfica lucra uns 20 bilhões de dólares. Todo tipo de matéria sobre sexo é fácil de se obter na televisão, no cinema, nos vídeos musicais e na internet. Será que essa implacável invasão de imagens pornográficas e sexualizadas são inofensivas, como muitos querem nos fazer crer?
 • Apesar do que dizem seus defensores, a pornografia causa profundos efeitos negativos no conceito das pessoas sobre sexo e comportamento sexual. Pesquisadores da Fundação Nacional de Pesquisa e Educação da Família (dos EUA), concluíram que “a exposição à pornografia coloca os usuários sob risco crescente de desenvolver tendências de desvios de comportamento sexual”. Segundo o informe, “o mito do estupro (a crença de que as mulheres provocam e gostam do estupro, e que os estupradores são pessoas normais) é bastante difundido entre costumeiros usuários masculinos de pornografia”. O vício pornográfico e a Pornografia na Internet vicia mais do que crack
• Um estudo realizado pelo Comitê de Ciência e Tecnologia do Senado norte-americano mostrou que a pornografia na Internet pode ser mais viciante do que o crack ou a cocaína. Imagens de misoginia, pedofilia ou sexo oral podem provocar efeitos negativos em muitos internautas. 
• De acordo com a revista Wired, o estudo concluiu que os viciados em pornografia na Internet levam mais tempo para se recuperar do que drogados que usam crack ou cocaína. 
• Pior ainda, os viciados em crack conseguem eliminar a droga do organismo. No caso dos dependentes de pornografia digital, mesmo depois do tratamento, as imagens pornográficas permanecem no cérebro do paciente. 
• Para Mary Anne Layden, co-diretora do Programa de Psicopatologia e Traumas Sexuais da Universidade de Pensilvânia, a pornografia é, atualmente, o maior perigo para a saúde psicológica das pessoas. 
• "A Internet tem o melhor sistema de entrega de drogas. O usuário é anônimo e facilmente estimulado a adquirir novos padrões de comportamento", explica Layden. “A droga (a pornografia) é entregue 24 horas por dia, sete dias por semana em sua própria casa”, acrescenta. Para Layden uma geração de jovens viciados está surgindo. E eles nunca vão querer tirar a "pornografia" de suas mentes. 
• O crescimento da Internet no mundo é espantoso, são mais de 600 milhões de pessoas ligadas; os brasileiros são 5% deste universo, aproximadamente 30 milhões. Efeitos sobre relacionamentos 
• A pornografia molda atitudes e influencia o comportamento. Suas mensagens são tentadoras principalmente porque são fantasias. 
• A pornografia pode destruir a confiança e a franqueza, qualidades essenciais no casamento. Visto que em geral é feito em secreto, o uso da pornografia muitas vezes leva a enganar e a mentir. O cônjuge se sente traído. Não entende por que seu parceiro não mais o acha atraente. Prejuízo espiritual O uso da pornografia causa sério dano espiritual. Pode tornar-se um obstáculo real para quem busca uma relação com Deus. A Bíblia vincula o apetite sexual à cobiça e idolatria. (Colossenses 3.5) Quem cobiça algo faz desse objeto de desejo a coisa dominante na sua vida, eclipsando qualquer outra coisa. Na verdade, os viciados em pornografia colocam seus desejos sexuais acima de Deus. Assim, fazem disso seu ídolo. A pornografia explora em especial mulheres e crianças 
• Ela as rebaixa e lhes rouba a dignidade e os direitos. Quem usa pornografia participa nisso e apóia tal exploração. “Não importa quão bom o homem se considere”, afirmam os pesquisadores Steven Hill e Nina Silver, “sua aprovação tácita da pornografia faz dele no mínimo [um insensível] e, no pior dos casos, um misógino [que despreza ou tem aversão às mulheres] com relação à própria pessoa que ele alega zelar”. As estatísticas são de assombrar: 
• "As crianças, em média, são expostas à pornografia com a idade de 8 anos. "75 por cento dos estupradores condenados confessam que praticaram em suas vítimas as cenas que viram na pornografia. "80 por cento dos estupradores de crianças confessam que seu problema começou através da pornografia. Então, quem é que poderia afirmar que a pornografia não prejudica ninguém? As vítimas desse vício são homens, cujas fantasias se tornaram desejos escravizantes. Elas são mulheres e crianças cujos corpos são usados como objetos descartáveis. 
• A pornografia é prejudicial e a sociedade paga um alto preço com o aumento de casamentos desfeitos e crimes sexuais violentos. É pecado a um servo de Deus acessar sites Eróticos e Pornográficos É preciso que os servos de Deus tenham o devido cuidado com a vida espiritual, não permitindo que a impureza se aloje, afastando-lhes da comunhão verdadeira com o Eterno. Amados, é um engano pensar que o acesso a tais páginas não produz um efeito devassador na vida, é praticamente impossível, não se contaminar com os desejos baixos produzidos pela carne. O Senhor nos deixa uma palavra clara de alerta contra a impureza, sua prática apaga o Espírito de Deus. 
• “Eles perderam toda a vergonha e se entregaram totalmente aos vícios; eles não têm nenhum controle e fazem todo tipo de coisas indecentes... Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês.” Ef 4.19 e 5.3 
• “Ele castigará especialmente os que seguem os seus próprios desejos imorais e desprezam a autoridade dele.” 2 Pe 2.10 Sexo Virtual (masturbação ou conversas sensuais) 
• Sexo virtual é pecado! Sua pratica envolve masturbação, conversas impuras e baixas. O peso de sua prática assemelha-se ao da fornicação e ou adultério. Os seus praticantes estão destituídos da verdadeira comunhão com Deus e estão debaixo de condenação eterna. 
• “Deus não nos chamou para vivermos na imoralidade, mas para sermos completamente dedicados a ele.” 1Ts 4.7 ; Hb 13.4) Danos aos jovens 
• Alguns pesquisadores dizem que a exposição à pornografia pode afetar o desenvolvimento normal do cérebro de uma criança; 
• As estatísticas mostram que os principais consumidores de pornografia são rapazes de 12 a 17 anos. De fato, para muitos, a pornografia é sua fonte primária de educação sexual. Isso resulta em desdobramentos muito perturbadores. “A gravidez de adolescentes e as doenças sexualmente transmissíveis, como a Aids”, diz certo informe, “são totalmente inexistentes na pornografia, dando a falsa impressão de que os” comportamentos “retratados na pornografia não têm nenhuma conseqüência negativa”. 
LIDANDO COM A PORNOGRAFIA 
1. Pornografia obscurece a forma como vemos nosso próximo - Aquele (a) que se utiliza da pornografia é induzido (a) a enxergar as outras pessoas como objeto de seu prazer. 
2. Pornografia é um convite para a imoralidade sexual - Neste mundo manipulado digitalmente, todo pôster de revistas pornográficas apresenta modelos com corpos perfeitos, esculpidos com os mais modernos softwares e em poses que induzem à fantasia. Sexo antes do casamento é adultério. 
3. Pornografia com violência estimula o comportamento agressivo - Os consumidores de pornografia violenta tornam-se mais agressivos com as mulheres do que propriamente desejosos delas. 
4. Pornografia pode abalar a fidelidade e a intimidade do casamento - A exposição ao material de sexo explícito resulta em maior expectativa pela atividade sexual, maior tolerância por formas de aberração sexual, promove sentimentos de baixa-estima nas mulheres e menor satisfação de sentimento para o homem. 
5. Pornografia provoca um impacto devastador em crianças - Nos dias de hoje, um grande número de crianças mais cedo ou mais tarde acaba tendo contato com a pornografia. Muitas delas não somente têm acesso, mas tornam-se usuárias até mesmo antes dos doze anos de idade. Acabam pegando revistas, assistindo vídeos, sintonizando estações a cabo, ou navegando em sites pornográficos na Internet. 
6. Pornografia vicia - Quando dirigimos nosso apetite sexual para vídeos de sexo explícito, filmes, revistas e internet, nos colocamos em uma posição de querer sempre mais. Da mesma forma que o álcool e drogas, a pornografia também agarra suas vítimas, tornando-as dependentes. 
7. PORNOGRAFIA LEVA À IDOLATIA - A verdade central da religião cristã é a fé em um único Deus Santo. “Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto”, disse Jesus (Mt 4.10). A história do antigo oriente médio documenta a decadência das nações que adoravam deuses da fertilidade usando órgãos sexuais como seus símbolos e prostituição como forma de adoração. Deus, no final das contas, puniu estas nações sem misericórdia, como Ele fez com seu próprio povo quando ele caiu nestas práticas pagãs. 
8. PORNOGRAFIA É ANTI-CRISTÃ - Deus abomina tudo o que é imoral, sexualmente pervertido, associado a idolatria e a luxúria. “Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, ... herdarão o reino de Deus ... o corpo não é para a impureza, mas, para o Senhor” (1 Co 6.9-13). 
9. PORNOGRAFIA É ANTI-SEXO - A Bíblia descreve o sexo como um belo presente e cheio de propósito de Deus para o homem e a mulher. Ele projetou o encontro sexual entre o marido e a esposa para ser uma fonte de prazer mútua. Na demoníaca contradição ao plano de Deus, a pornografia promove a satisfação física sem amor, sexo sem responsabilidade, união sem obrigação. 
10.PORNOGRAFIA DESVIA MILHÕES DE DÓLARES EM IMPOSTOS - Ela corrompe vizinhanças, destrói casamentos e famílias e trabalha junto ao crime organizado. A razão mais forte para que a indústria da pornografia seja eliminada deveria ser seu desafio ao Deus Todo-Poderoso. Pornografia é ant - Deus em suas pré-suposições é anti - cristã em sua prática. Ela destrói tudo que é precioso aos olhos de Deus Cinco razões para livrar sua comunidade da pornografia
 1. ECONÔMICA / 2. SEGURANÇA E SAÚDE PÚBLICA / 3. SAÚDE MENTAL / 4. MORALIDADE / 5. RELIGIÃO. UM CAMINHO PARA A LIBERDADE 
1. As pessoas viciadas em pornografia precisam admitir sua dependência e procurar ajuda.
2. Esposas ao serem pressionadas por seus maridos para assistir material pornográfico devem negar-se a fazê-lo. 
3. Se você é um usuário iniciante de pornografia, pare agora! Não continue! Cada vez que você assiste algum programa pornográfico (seja qual for o meio utilizado, revista, filme, vídeo, TV, etc.), as imagens recebidas influenciam seu conceito da dignidade feminina, a qual é determinada em nosso inconsciente. 
4. Se você é um usuário constante, fale com algum amigo de confiança sobre seu problema e procure ajuda profissional. 
5. O maior antídoto contra pornografia é preencher a mente com pensamentos que sejam limpos e puros: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for amável, tudo o que for puro, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” (Filipenses 4.8). 
6. Tome a decisão de não comprar nenhum vídeo pornográfico, revista e nem de navegar em sites pornôs. 
7. Não chegue nem perto de lojas que vendam qualquer tipo de material pornográfico.
8. Fique de olhos abertos para ver os livros e revistas que seus filhos estão lendo, os programas que assistem na TV (especialmente se for a cabo), os filmes de cinema que possam estar indo, e finalmente os locais acessados pela Internet. Procure estar sempre por dentro de onde seus filhos estão e o que estão fazendo. 
9. Fale de forma positiva e aberta sobre sexo na frente de seus filhos. Não conte, nem ouça piadas vulgares ou sensuais e não permita que seus filhos usem linguagem de baixo calão. O QUE A PALAVRA DE DEUS TEM A NOS DIZER SOBRE ESSE ASSUNTO? 
1. A nudez entre o marido e sua esposa não é condenada na Bíblia. Gn 2.24-25 
2. O prazer sexual entre o marido e sua esposa não são condenados na Bíblia - Cântico dos Cânticos de Salomão. 
3. A Bíblia condena a relação sexual fora dos laços conjugais (Hb 13.4). 
4. A Bíblia condena o abuso de crianças (Mt 18.6-10). 
5. A Bíblia nos adverte sobre a luxúria e os apetites carnais (1 Co 1.2; Mt 5.27-28; 1 Co 6.15-16). 
6. A Bíblia nos aconselha a evitar piadas sujas, linguagem xula, que possa encorajar e descrever qualquer imoralidade sexual (Ef 5.3,4). 
7. A Bíblia indica que pornografia pode causar perturbação emocional (2 Pd 2.7-8). 
8. A Bíblia nos adverte a evitar qualquer aparência do mal (1 Ts 5.22). Estudo enviado por: 

Pastor Edivaldo dos Santos Enes (Pastor Edi) Igreja Evangélica Assembléia de Deus - Caracaraí – RR Para convidar o pastor para palestras sobre o assunto, ligue (95) 9118-2880 / (95) 3532-1326. E-mail: pr_edi@hotmail.com .
Postar um comentário