Pesquisar este blog

domingo, 22 de maio de 2011

Beatificação da Irmã Dulce

A cerimônia da Igreja Católica contará com mais de 500 religiosos e será presidida pelo cardeal Dom Geraldo Majello Agnelo, o delegado papal na solenidade, representando Papa Bento XVI.
O processo de beatificação de Dulce Lopes Pontes começou em 17 de janeiro de 2000, sendo assinado no ano seguinte o milagre e, em 2002, o processo foi levado para análise no Vaticano. O decreto que formaliza a condição de beata de Irmã Dulce foi assinado por Bento XVI no final do ano passado.
Quais são as condições para que uma pessoa seja beatificada?
A beatificação é o reconhecimento feito pela Igreja Católica na qual a pessoa a quem é atribuída se encontra no Paraíso, em estado de beatitude, podendo interceder por aqueles que recorrem em oração. Esta é a fase final de uma causa em que alguém está a caminho da Canonização final, que é quando se declara que a pessoa morta é um santa.
Quando da Beatificação do Papa João Paulo II, um pastor expressou suas críticas sobre o ato que envolveu o mundo inteiro, apontanto para os diversos erros que o papa cometeu em vida.
O pastor Jairo Arce Mairena disse sobre a beatificação, “todos somo santos.”
“Cristo tem canonizado a todos e todos os que creem nele; igualmente tem nos dado poder, autoridade e nos encomendou para a cura e a salvação humana e da criação,” explicou ele segundo a ACL notícias.

Postar um comentário