Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Por que passamos por tribulação?


Um homem ao ver a metamorfose da lagarta, quando a borboleta se esforçava para sair do casulo por um apertado orifício, tentou ajudar.
Pegou uma pequena tesoura e abriu o buraco, libertando a futura borboleta.
Contudo, notou que suas asas estavam atrofiadas e seu corpo todo murcho.
Ele esperou, esperou, mas a borboleta continuou se rastejando sem conseguir voar.
O esforço que faria para sair do casulo, passando por aquele minúsculo buraco, seria o meio pelo qual seu organismo liberaria as energias necessárias às suas asas e ao próprio corpo, para que, ao sair, pudesse voar.
Ela precisava passar por aquele minúsculo caminho para que a transformação de lagarta em borboleta, e a conseqüente libertação do casulo, pudesse acontecer.

Com a interferência do homem, todo esse processo foi inviabilizado, e a borboleta ficou aleijada para sempre, sem jamais poder voar.
Quanto a isso a Bíblia afirma em Romanos 5.3-5 que:

Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu.
Autor Desconhecido
Que possamos dar Glória ao nome do Senhor por todas as experiências que Ele nos permite passar no intuito de aperfeiçoarnos no seu amor, para estarmos preparados para o dia da sua volta.
A Graça e a Paz de Cristo Jesus.
Moacir Neto
Postar um comentário