Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

‘Evangélica’ de Avenida Brasil, fica ‘possuída’ em seu casamento e faz strip-tease

Dolores não se contém em seu casamento e relembra a época em que era Soninha Catatau. Foto: TV Globo/Divulgação
Gálatas 6:7
7 - Não erreis: Deus não se deixa escarnecer;
 porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Mais uma vez a Rede Globo de televisão, usa sua novela para denegrir a imagem dos evangélicos.
Por um lado à emissora tenta ‘agradar’ o ego dos ‘crentes’ com o Festival Promessas, que o objetivo principal não é louvar a Deus, mas sim promover uma disputa entre cantores evangélicos, transformando-os em celebridades ao aparecer em sua telinha ‘diabólica’.
Nesta última segunda-feira, 01/10, a Novela Avenida Brasil, apresentou o momento do casamento da suposta evangélica Dolores (Paula Burlamaqui), que outrora era atriz de filmes pornôs, sob o nome de ‘Soninha Catatau’. No drama Soninha se converte a igreja evangélica, e rejeitando o seu antigo nome de atriz.
dolores 300x290 Paula Burlamaqui interprete de Soninha Catatau, afirma que evangélicas podem sair, beber e se divertir’.Durante o decorrer do drama, Dolores, diversas vezes tenta denegrir a imagem da mulher evangélica e uma das cenas, ela faz sexo com seu ex-marido e logo se ‘arrepende’.
Durante seu casamento do Diógenes, pode-se notar que a cerimônia não é e nunca será evangélica, repare nos quadros de fundo da parede, aparece o logotipo da suposta ‘Igreja Esotérica Sul América’, se é esotérica não pode ser evangélica.
Além disso, como diz no site oficial da novela “Dolores não consegue se conter e deixa o espírito de Soninha Catatau baixar. Ela tira os sapatos, dá um grito e começa a dançar. ‘Meu nome é Soninha! Soninha Catatau!’, diz ela, fazendo um strip-tease em cima da mesa.”.
Fizeram uma suposta evangélica possessa por demônios.
“Com a boa parte da ‘crentaiada’ sob seu domínio, por conta do Festival Promessas e dos artistas gospel, a Globo sente-se bem à vontade para fazer seu escarnecimento”, diz o blogueiro Paulo Teixeira do blog Holofote.

Postar um comentário