Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de março de 2013

Páscoa? O que é a Páscoa de fato

Páscoa no hebraico é pessach que significa passagem ou passar por cima: “... é a páscoa do Senhor"(Ex.12:11), "Porque o Senhor passará para ferir os egípcios..."(Ex.12:23), "É o sacrifício da páscoa ao Senhor que passou por cima das casas dos filhos de Israel..." (Ex.12:27). Primeiro ela foi instituída pelo próprio Deus – Êxodo 12.

A Páscoa é na verdade uma festa comemorativa para lembrar do tempo em que Deus livrou o povo de Israel do cativeiro egípcio.
A história é magnífica, conta que estando o povo de Israel cativo no Egito, Deus enviou a Moises para libertar ao seu povo. Mesmo tendo sido Moises criado com o Faraó, este não permitia que o povo de Israel fosse solto, após o Senhor Deus enviar dez pragas sobre o povo egípcio, ainda assim o Faraó não quis libertar o povo, então o Senhor Deus mandou o sétimo e último flagelo sobre os egípcios, onde o anjo da morte viria fazer justiça, matando os primogênitos do Egito, e passaria por cima da casa dos israelitas e o mal não lhe atingiria. Desde que, aspergissem o sangue de um cordeiro novo e limpo, sobre os as portas das casas.
Os elemento da Páscoa eram:
1. O Cordeiro – representa o próprio Senhor Jesus que foi morto e derramou seu sangue por nossos pecados.
2. Pães Asmos – Pão sem fermento, fala da necessidade de separação das contaminações.
3. Ervas amargas – Faz menção que quando se estava sob o jugo do diabo, nossa vida eram amargas.

quinta-feira, 21 de março de 2013

DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER.

Texto básico: Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida eterna (Gl.6.7,8).

Introdução: De Deus não se zomba, com Deus não se deve brincar. Existe uma lei universal chamada lei da semeadura, onde tudo o que semeamos ou plantamos iremos colher. Na filosofia, se ensina uma lei chamada de causa e efeito, em que diz: Toda ação produz uma reação; e esta afirmativa é verdadeira. Todas as nossas atitudes e ações, sejam boas ou más, nos serão retribuidas em algum momento da nossa vida. Jesus ensinando ele disse: O homem bom tira boas coisas do seu bom tesouro, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más. Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Porque por tuas palavras serás justificado e por tuas palavras serás condenado (Mt.12.35-37). Temos alguns exemplos na bíblia e na história secular, de homens que fizeram uma má semeadura, com atitudes e palavras e receberam a justa retribuição dos seus atos.

domingo, 17 de março de 2013

O Poder da Decisão

Todos nós afirmamos que Deus pode todas as coisas, não é verdade? Porém 3 coisas o Senhor não faz:

Mentir
Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa (Ex.20.16)
Ir Contra a Sua Palavra
Ele é Deus zeloso e que vela sobre Sua palavra para que se cumpra (Jr.1.12) o que Ele diz está dito e não há quem mude isso.
Ir Contra a Sua Vontade
A menos que você decida por deixá-lo decidir por você. Para isso Ele nos deu o livre arbítrio ou o poder da decisão. Mas porque Deus deu esse poder de decidir ao homem? Simples,
Ele nos criou a Sua imagem e semelhança com o propósito de nos fazer adoradores. Fomos criados para o louvor da Sua glória (Is. 43.7) feituras Dele para práticas de boas obras (Efésios 2.10) E, para que esse louvor viesse do mais profundo dos nossos corações, deveria ser por decisão nossa e não de outro, isto é culto racional! Deus ama e busca quem esteja disposto a adorá-lo em espírito e em verdade (João 4.23).

quinta-feira, 14 de março de 2013

DEUS para DEUS: estupenda grandiosidade DEUS para o homem: estonteante humildade

Consideremos os seguintes textos bíblicos:
· “Deus não é filho de homem, para que se arrependa” (Números, 23.19); “[Deus é] o Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação” (Tiago, 1.17).
· “Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás” (Isaías, 38.1) / “Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos” (id.,ib.,v.5). Entenda-se: Deus, que pronunciara uma categórica sentença de morte sobre o rei Ezequias, que estava enfermo, voltou atrás, diante da contrição e arrazoamento do rei.
· “Senhor Jeová, perdoa; como se levantará agora Jacó? Pois ele é pequeno. Então o Senhor se arrependeu disso: Não acontecerá, disse o Senhor. [...] Senhor Jeová, cessa agora; como se levantará Jacó? Pois ele é pequeno. E o Senhor se arrependeu disso. Nem isto acontecerá, disse o Senhor Jeová” (Amós, 7.2,3, 5 e 6). Ou seja, por duas vezes, Deus ouviu a intercessão do profeta Amós em favor do povo judeu, e alterou o pronunciamento de sua sentença punitiva.
A aparente contradição desses textos se desfaz pelo entendimento de que Deus se revela, na Bíblia, em duas perspectivas: “Deus para Deus”, isto é, Deus em si mesmo, na exclusividade da sua essência, e “Deus para o homem”. Veja-se a tremenda simplicidade, a impressionante concisão com que isso se resume em Êxodo, 3.13-14.
No citado texto, Moisés, convocado por Deus para libertar o povo judeu, escravizado no Egito, pergunta-lhe o nome.

Papa Francisco será “Um grande amigo dos evangélicos”

Papa Francisco será “Um grande amigo dos evangélicos”A nomeação do cardeal Jorge Mario Bergoglio como o novo líder da Igreja Católica pode marcar o pontificado por uma aproximação inédita com os protestantes.
Líderes da igreja evangélica argentina dizem que o papa Francisco é um homem de grande humildade e sempre demonstrou respeito pela comunidade evangélica, onde tem vários amigos.
O evangelista Luis Palau afirmou: “Eu me encontrei com o agora Papa Francisco várias vezes durante nossas visitas a Argentina. Sempre pedia que orássemos por ele. Não é nenhuma surpresa para mim que ele tenha feito este pedido na varanda da Praça do Vaticano… A coisa mais surpreendente para mim foi que ele é um grande amigo dos evangélicos. Ele sempre teve um grande respeito pelos evangélicos”.
Palau diz lembrar de uma reunião em Buenos Aires, onde pediu conselhos ao então arcebispo de Buenos Aires. A resposta foi “Fale com os jovens sobre o evangelho tão claramente quanto puder, Luis. Você sabe que pelo menos 80 por cento deles são.. pa

sábado, 2 de março de 2013

O que diz a Bíblia sobre o papa e o papado?"

O ensinamento da Igreja Católica Romana sobre o papa (“papa” significa “pai”) é baseado em e envolve os seguintes ensinamentos romanos católicos:
1) Cristo fez de Pedro o líder dos apóstolos e da igreja (Mateus 16:18-19).
Dando a Pedro as “chaves do reino”. Cristo não apenas fez dele líder, mas também fez dele infalível quando agindo ou falando como representante de Cristo na terra (falando de sua cadeira de autoridade, ou ex cathedra). Esta capacidade de agir no interesse da igreja de forma infalível quando falando ex cathedra foi passada de Pedro para seus sucessores, dando desta forma à Igreja um infalível guia na terra. O propósito do papado é guiar a Igreja sem cometer erros.
2) Pedro, mais tarde, tornou-se o primeiro Bispo de Roma.
Como Bispo de Roma, ele exercia a autoridade sobre todos os bispos e líderes da igreja. O ensinamento de que o Bispo de Roma está acima de todos os bispos em autoridade é conhecido como a “supremacia” do Bispo de Roma.
3) Pedro passou adiante sua autoridade apostólica ao próximo Bispo de Roma, junto com os outros apóstolos que passaram adiante sua autoridade apostólica aos bispos que ordenaram.
Estes novos bispos, em turnos, passaram adiante sua autoridade apostólica àqueles bispos que mais tarde ordenaram, e assim por diante. Esta “passagem de autoridade” é conhecida como “sucessão apostólica”.

Busque o equilíbrio em seu viver diário

Viver é como fazer malabarismo; é como se tentássemos equilibrar cinco bolas ao mesmo tempo: trabalho, a família, a saúde, os amigos e a vida espiritual. Todas estas bolas são essenciais.
O trabalho é como uma bola de borracha, que, se a deixarmos cair, quica e volta para nós. Mas as outras quatro são de vidro. Se caírem, quebram-se e danificam-se permanentemente. Entenda isso e busque o equilíbrio na vida. Como?
Aqui vão algumas dicas:
• Não diminua seu próprio valor, comparando-se a outras pessoas. Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial. Ninguém pode fazê-lo sentir-se inferior sem a sua autorização.
• Não fixe seus objetivos com base no que os outros acham importante.Só você está em condições de escolher o que é melhor para você.
• Dê valor e respeite as coisas que lhe são caras. Apegue-se a elas como à própria vida. Sem elas, a vida carece de sentido.
• Não deixe que a vida escorra entre os seus dedos. Aproveite bem o seu tempo com coisas úteis, que valem a pena e trazem crescimento. 
• Não se prenda ao passado nem fique ansioso pelo futuro. Se viver um dia de cada v
ez, aproveitará todos os dias da sua vida.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Vídeo que mostra Jesus na terra é sucesso no Youtube


Vídeo que mostra Jesus na terra é sucesso no YoutubeQuando coisas ruins acontecem na vida das pessoas é comum o questionamento “Onde Deus estava?”. Mas e quando acontecem coisas boas? Ou melhor, onde está Deus no dia a dia do cristão?
Um clipe produzido pela produtora Inspire para o musical “Natal para Sempre” foi apresentado na Primeira Igreja Batista em São José dos Campos no final do ano passado. Pouco tempo depois, começou a ser divulgado pela internet e gerou mais de 100 mil acessos em pouco mais de um mês. Muitas pessoas comentam como a mensagem as tocou. O vídeo foi repostado muitas vezes, a maioria com o nome “Jesus está com você em todos os momentos!”.
Trata-se de um minifilme que acompanha a música de David Phelps “The name lives on”, cuja versão em português já existe com o nome “Jesus Será o Rei”.
Com a direção de Bruno M. Amaro, as imagens mostram como seria se pudéssemos ver Jesus ao nosso lado.
A sequência filmada em pouco mais de 4 minutos não tem legenda, mas mostra um Jesus que não está alheio as agruras da humanidade, que ri junto e que consola.
Assista: