Pesquisar este blog

domingo, 17 de março de 2013

O Poder da Decisão

Todos nós afirmamos que Deus pode todas as coisas, não é verdade? Porém 3 coisas o Senhor não faz:

Mentir
Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa (Ex.20.16)
Ir Contra a Sua Palavra
Ele é Deus zeloso e que vela sobre Sua palavra para que se cumpra (Jr.1.12) o que Ele diz está dito e não há quem mude isso.
Ir Contra a Sua Vontade
A menos que você decida por deixá-lo decidir por você. Para isso Ele nos deu o livre arbítrio ou o poder da decisão. Mas porque Deus deu esse poder de decidir ao homem? Simples,
Ele nos criou a Sua imagem e semelhança com o propósito de nos fazer adoradores. Fomos criados para o louvor da Sua glória (Is. 43.7) feituras Dele para práticas de boas obras (Efésios 2.10) E, para que esse louvor viesse do mais profundo dos nossos corações, deveria ser por decisão nossa e não de outro, isto é culto racional! Deus ama e busca quem esteja disposto a adorá-lo em espírito e em verdade (João 4.23).
Ele busca pessoas que entendam e apresentam a Ele seus corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus que são nossos cultos racionais ou da razão (Rm.12.1). Vamos à igreja louvá-Lo e adorá-Lo, não porque nossos pais querem ou porque não temos o que fazer nos domingos á noite, mas porque sabemos e entendemos que devemos adorar a Deus, engrandecer Seu nome pela Sua majestade e grandeza, pelo Seu infinito amor e por tudo que Ele tem feito e, ainda, v
ai fazer por nós
Há poder sobrenatural na nossa decisão.
Podemos decidir o melhor trabalho, a hora de namorar, de casar, de ter filhos, de adquirir a casa própria. Todas essas cosias são decisões que devemos tomar na vida e que farão diferença, tanto na nossa geração, quanto nas futuras. E essas decisões tomam um caráter sobrenatural, quando decidimos em, antes de quaisquer iniciativas, apresentá-las a Deus e pedir para que Ele aprove ou desaprove aquilo que almejamos.
Entrar em portas que o Senhor não abriu pra nós é uma decisão, um tanto, precipitada. As vezes decidimos por coisas que achamos que é o momento de fazê-la, mas Deus, que conhece todas as coisas, nos diz que devemos esperar ou, talvez, desistir dessa decisão e tomar a decisão que Ele coloca nos nossos corações e nos confirma.
Algumas formas de sabermos se a decisão que estamos tomando está de acordo com a decisão que sai do coração de Deus é:
– saber se o que queremos está de acordo com Sua palavra (Vontade de Deus)
– Se existe paz e tranquilidade de espírito nas nossas decisões, quando não vem acompanhada de confusão, pois Deus não é Deus de confusão (ICo.14.33)
Portanto, antes de qualquer decisão, tome, em primeiro lugar, a decisão de O servir, mas servi-Lo em amor, pois todas as coisas começam e findam no amor de Deus por nós, ou melhor, o Seu maior amor por todos nós, JESUS, Senhor e Rei das nossas vidas.

Autor: Wnilson Granjeiro – DF
Por Litrazini



Postar um comentário