Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de julho de 2014

CONDIÇÕES PARA SER ABENÇOADO POR DEUS

Deus disse: Se o meu povo: Se humilhar: vim humilhado e orar, falar com Deus, buscar a Deus de todo o coração, Se converter de seus maus caminhos, (mudar a sua maneira de viver; novo pensar, novo sentir, novo agir). Então, só depois disso, Eu ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. (grifo do autor)

Deus disse: Buscar-me eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração Jr 29:13. Um coração quebrantado e contrito Deus não desprezará.
Deus disse: Clama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes. Clamar e não reclamar com vontade, sem desistir e Deus vai te responder e vai te anunciar coisas grandiosas que não sabes. Jr 33:3.
Deus está pronto para ouvir o seu clamor. Jesus continua a perguntar: Que queres que eu te faca? Para ser abençoado por Deus ande com Deus como Enoque andou, teve tanta intimidade com Ele que Deus para si o tomou.
A maior das bênçãos: Jesus disse: Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta (seu coração), você tem que ouvir e abrir a porta para Jesus poder entrar e cear com você e você com Ele. Ap. 3:20.
Deus procura verdadeiros adoradores, que o adore em Espírito e verdade. Seja um (a)
SE ATENTAMENTE OUVIRES A VOZ DO SENHOR, TENDO CUIDADO EM OBEDECER, NÃO É SÓ OUVIR. DEUS TE EXALTARÁ SOBRE TODAS AS NAÇÕES,

Pensamos o suficiente quando lemos a Bíblia?

Quando lemos a Bíblia, a reflexão cuidadosa – como acontece também em ciência – precisa proceder em estrita conformidade com a natureza objetiva do que está sendo lido e estudado.

Assim, por exemplo, é preciso dar aos evangelhos (a parte da Bíblia que trata da história de Jesus) a oportunidade de comunicar sua mensagem; e Jesus precisa ser entendido de acordo com seu próprio discurso. Por isso não “vale” ler passagens bíblicas desconsiderando o contexto, inclusive as intenções nele expressas, ou ainda munido de preconceitos ou premissas especulativas.
O evangelho de Lucas, por exemplo, precisa ser lido como um texto escrito pelo motivo exposto logo no seu início. Ali, Lucas informa a Teófilo, seu primeiro leitor, que lhe “pareceu conveniente, após acurada investigação de tudo desde o princípio, escrever de modo ordenado... para que verifiques a solidez dos ensinamentos que recebeste.” (Lucas 1.1-4)
Semelhantemente, o evangelho de João precisa ser lido considerando que foi escrito “para que vocês creiam que Jesus é o Messias, o Filho de Deus. E para que, crendo, tenham vida por meio dele” (João 20.31).
Da mesma forma, é imprescindível lembrar que o Novo Testamento é portador de informação de “testemunhas oculares” (2 Pedro 1.16). E assim por diante.
Com relação ao discurso de Jesus, principal veículo da mensagem do Cristianismo, percebe-se que ele:
- É desafiador: 
“Eu lhes mostrarei a que se compara aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as pratica. É como um homem que ao construir uma casa, cavou fundo e colocou os alicerces na rocha. Quando veio a inundação, a torrente deu contra aquela casa, mas não a conseguiu abalar, porque estava bem construída. Mas aquele que ouve as minhas palavras e não as pratica, é como um homem que construiu uma casa sobre o chão, sem alicerces. No momento em que a torrente deu contra aquela casa, ela caiu, e a sua destruição foi completa” (Lucas 6.47-49).

Santidade não é uma opção

Nós amamos falar sobre a graça, ajudar novas pessoas a entenderem a graça. É assombroso que Deus nos declare justos em Cristo e não precisemos fazer nada para merecer. Que alegria saber que nosso generoso Deus derrama sobre nós tanta graça sobre graça que serão necessárias todas as eras vindouras para ele revelar sua bondade a nós em Jesus.

Mas a graça de Deus deveria levar-nos à santidade. Justiça imputada deveria conduzir a justiça PRÁTICA. Nós devemos andar de maneira digna do evangelho. Nós devemos PRATICAR nossa justiça.
Jesus ensinou seus discípulos a praticar justiça. Mas, diferente dos líderes religiosos daquela época, eles deveriam praticar justiça em todas as áreas da vida – especialmente em privado. “Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles; de outra sorte não tereis recompensa junto de vosso Pai, que está nos céus” (Mateus 6.1)
Os fariseus praticam a justiça – em público. Mas não em privado. Eles faziam para mostrar-se. Eles ensinavam outros a serem santos, mas não era em secreto. Eles praticavam a justiça para receber o louvor de homens.
Jesus nos ordena a praticar a justiça. Em público e em privado. A ter fome e sede de verdadeira justiça. A ser santos quer alguém esteja vendo ou não. A fugir da tentação quando estamos completamente sozinhos em um aeroporto 15 estados longe de casa. A ser puros e santos às 2 da manhã de quinta bem como nos domingos de manhã quando cantamos em igreja. A ser puros em nossos pensamentos assim como quando compartilhamos nos pequenos grupos.

O telescópio, o microscópio e a fé

Sem um telescópio à mão, o poeta hebreu afirma que“os céus manifestam a glória de Deus”(Sl 19.1). O máximo que ele podia alcançar com os olhos eram a imensidão da abóbada celeste, a parte clara do dia, a parte escura da noite, as nuvens, o sol, a lua, as poucas estrelas próximas, o arco-íris, os relâmpagos, os eclipses, as chuvas de pedras e, caso se locomovesse em direção aos polos, a aurora polar. Isso já seria mais do que suficiente para o salmista declarar que o firmamento de fato anuncia o resplendor de Deus.

Com os grandes e modernos telescópios e os muitos observatórios astronômicos espalhados por aí, os poetas de hoje teriam de fabricar novas palavras para enaltecer o Criador dos céus e da terra que agora existem.
O que mais impressiona hoje não são a beleza e a regularidade dos movimentos dos corpos celestes que conseguimos enxergar a olho nu. O que pasma, confunde e humilha o ser humano é a imensidão do universo. Como lembra o poeta Ferreira Gullar: “Só na Via Láctea, há bilhões de outros sóis e, no universo, há bilhões de galáxias infinitamente maiores que a Via Láctea, com bilhões de sóis”.
Outro “poeta” brasileiro, o físico Marcelo Gleiser, tenta fazer com que entendamos a distância entre a Terra e o sistema estelar mais próximo, na constelação do Centauro: “Viajando na espaçonave mais veloz que temos, a 50 mil quilômetros por hora, demoraríamos cerca de 100 mil anos para chegarmos lá!”. Só a nossa Galáxia -- um sistema de estrelas, poeira e gás unido pela gravidade -- “tem 200 bilhões de estrelas e possivelmente trilhões de planetas e luas”, acrescenta Gleiser.

Murmuração – Veneno Mortal



A murmuração é um mal que tem feito destruições no meio do povo de Deus desde os primórdios da criação. Para embasar este estudo nos recorremos ao livro de Números 13,14, quando a nação de Israel estava prestes a tomar posse da terra prometida, mas pela murmuração foi levada a uma árdua caminhada por quarenta anos no deserto.
Murmurar segundo o dicionário é:
Produzir murmúrio ou sussurro. Queixar-se. Falar mal de alguém ou de alguma coisa. Conversar, difamando ou desacreditando.
Assim como no Antigo testamento e no nossos dias este mal tem penetrado no meio do povo de Deus, causando grande estrago e muitos têm perdido a benção pela murmuração. 
Algumas características negativas de um murmurador:
1º O murmurador é auto destrutivo 
Este mal leva a pessoa a se auto destruir. Os murmuradores de Israel receberam sua sentença de morte (Nm. 14.29). Quando alguém adere a esta pratica perde o brilho da vida, porque seus pensamentos, seu falar e suas atitudes são reprováveis por Deus e, se é reprovado por Deus a vida não tem sentido. Saul foi reprovado por Deus e foi lhe retirado o Espírito Santo (1Sm. 16-14).

Como vencer o mau humor

É difícil é se livrar do mau humor. Mas mesmo sendo difícil, não é impossível. Aqui está como fazê-lo:
Vá ao evangelho
Se há um momento de pregar o evangelho para si mesmo, é esse. Lembrar a si mesmo do evangelho é o maior choque de realidade possível. Lembrar a si mesmo do evangelho e permitir que essas verdades atravessem sua mente e seu coração é lembrar a si mesmo das mais profundas realidades do universo. Você se lembrará de que é um pecador que merece a ira de Deus, que o próprio Deus entrou nesse mundo como um homem, que ele carregou todo o seu pecado e condenação, que ele sofreu a ira de Deus em seu lugar, que ele morreu a morte que você merecia, que ele ressuscitou em triunfo e que toda a justiça dele foi dada a você.
Algumas pessoas dizem que quando você está mau-humorado, você deve meditar. Elas estão certas, exceto que, ao inés da meditação oriental de esvaziar a mente, você precisa da meditação cristã de encher a mente, quando você deliberadamente enche sua mente com a verdade do evangelho.
Chame pelo nome
Tendo pregado o evangelho a si mesmo, você agora está em posição de chamar o mau humor pelo nome. É pecado. É exatamente o tipo de pecado pelo qual Jesus precisou morrer.Nunca há uma desculpa para estar mal humorado. Ser mal humorado é ser destemperado, rude, grosseiro e egoísta.

Jovens determinados e capacitados.

1)- O inimigo quer jovens sem defeito, de boa aparência, cheios de sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento e competentes no palácio.
2)- Se o inimigo quer jovens assim imagine Deus!!!
Daniel significa: Deus é meu juiz.
Ananias: Deus e gracioso.
Misael: Quem é como Deus?
Azarias: Servo de Deus.
Deus diz: jovens: sois fortes, já vencestes o maligno e a Palavra de Deus habita em vós. Para vencer primeiro a Palavra habita em vós.
3)- Maioria assombrosa de mortes são de jovens nas drogas, todos os tipos de vícios, o Diabo sabe a força do jovem nas mãos de Deus ele sabe o que fizeram:
Jose, que passou por todas as lutas e venceu, Davi vencia sempre. Daniel e seus amigos. Quanto mais capacitado mais Deus usa, veja a vida de Paulo.
4)- O inimigo mudou o nome, cultura, língua, o que comer, o que falar, mas não conseguiu mudar a determinação de servir a Deus o caráter dos jovens de Deus.
5)- Dos 12 aos 16 anos Daniel determinou não se contaminar e aos 80 anos continuava orando três vezes ao dia, na cova dos leões e vencendo sempre firme.