Pesquisar este blog

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Como vencer a crise no casamento?



1. Constate a crise sem medo, não adianta fazer de conta que ela não existe (Ef 4:15);
2. Busque falar com o seu cônjuge sem espiritualidade falsa. Diga a verdade em amor. Quem está na crise não precisa de um juiz, mas sim de um amigo, não precisa de um professor, mas sim de uma presença;
3. Verifique se o chão da sua família está afofado com a graça de Deus, porque na crise alguém pode cair e se não houver graça, vai se machucar. Quando há graça, mesmo caindo, pode se levantar. Qual é o chão da sua casa?
4. Na crise, não se abstenha da relação sexual com o cônjuge. Pois essa pode ser a hora de aflorar emoções contidas, afeições reprimidas e até mesmo algumas amarguras guardadas, que são liberadas naquele momento de êxtase em forma de sorriso, gargalhada ou até mesmo em lágrimas;
5. Nunca veja o divórcio como uma porta, mas sim, como uma saída de emergência;
6. Na crise, nunca obrigue seus filhos a tomar posição a seu favor;
7. Busque o Senhor de todo o seu coração, mas faça a sua parte;
8. Acredite muito mais no poder restaurador do amor, do que na impecabilidade humana.;
9. Faça da crise "o adubo" que pode fazer as qualidades aparecerem para o bem estar do relacionamento. Bondade, longanimidade e solidariedade nascem da crise;

Casado com Rousemary Maia, pai de três filhos: Letícia, Douglas e Pedro. É pastor, terapeuta familiar e conferencista internacional. Exerce um ministério específico com famílias desde 1990 tendo ministrado em todo o Brasil, EUA, Canadá, Europa, Japão e outros países. Autor de várias obras, é membro da CGADB e AEVB.

COMPARTILHE
ÚLTIMAS REFLEXÕES

Postar um comentário