Crescimento Espiritual : 01/03/18 - 01/04/18

Pesquisar este blog

Segui a Paz Com Todos e a Santificação – Estudo Hebreus 12:14

Imagem relacionada“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” é um ensino bíblico registrado no capítulo 12 e versículo 14 da Epístola aos Hebreus. Esse é um dos versículos mais conhecidos da Bíblia, e certamente nos trás lições muito importantes.
O contexto da frase “segui a paz com todos e a santificação”
O escritor do livro de Hebreus estava escrevendo para cristãos judeus que viviam fora da Palestina. Esses cristãos estavam enfrentando muitas dificuldades e sofrimento por causa de sua fé. Inclusive, para alguns deles o martírio era uma possibilidade real na perseguição implacável do século 1 d.C.
Então o escritor neotestamentário escreveu uma carta encorajando esses cristãos a permanecerem firmes em Cristo Jesus. Na primeira parte do capítulo 12, ele fala sobre a disciplina divina (Hebreus 12:1-13). Ele exorta seus leitores a:
Olharem para Jesus (versículos 1-3).
Aceitarem a correção de Deus (versículos 4-6).
Suportarem o sofrimento (versículos 7-11).
Serem fortes (versículos 12,13).

O que o homem está buscando em uma mulher?

Por Andre Batista / Imagem: Fotolia

Todos os dias a sociedade dita padrões de beleza praticamente inalcançáveis, coagindo mulheres a se submeterem a tratamentos estéticos arriscados e, pior, a se sentirem mal em relação ao próprio corpo. Essa ditadura estética pregada em filmes, novelas e revistas convence a muitas que uma mulher só poderá ser feliz na vida amorosa se estiver enquadrada nesses padrões estéticos. Mas será que isso é verdade?
De acordo com o escritor Renato Cardoso, autor do livro “Namoro Blindado – O Seu Relacionamento À Prova de Coração Partido”, para uma mulher ser feliz na vida amorosa ela não precisa seguir os loucos padrões de beleza impostos pela mídia, pois o que o homem busca, mais do que qualquer outra coisa, é uma companheira sati
sfeita consigo mesma.
Resultado de imagem para casal felizE como ter essa confiança?
A principal característica da pessoa autoconfiante é que ela não se importa com o que os outros pensam ou em quais padrões estéticos ela não se enquadra. Ao invés de dar atenção a isso, ela dá atenção ao seu Criador.

O que Deus diz sobre o aborto?

Resultado de imagem para aborto o que abiblia dizNa Bíblia Deus não fala sobre aborto mas Ele reconhece o bebê não nascido como uma pessoa que tem valor. Deus proíbe a matança de pessoas inocentes mas Ele oferece perdão para quem se arrepende.
Um feto é uma pessoa?
Sim, a Bíblia mostra que o feto já é uma pessoa. Deus forma a pessoa dentro de sua mãe e já tem planos para a vida do embrião (Salmos 139:13-16). Várias pessoas na Bíblia foram chamadas por Deus desde o ventre:
Jeremias – Jeremias 1:5
João Batista – Lucas 1:13-15
Paulo – Gálatas 1:15
Resultado de imagem para aborto o que abiblia dizCientificamente, a partir do momento de concepção o ADN possui toda a informação necessária para se tornar uma pessoa adulta completa. Não existe nenhum critério seguro para dizer que a vida apenas começa a partir de certo grau de desenvolvimento. Dependendo da interpretação, pode ser a partir do momento quando tem todos os órgãos ou quando chega à puberdade!
Os mesmos argumentos que dizem que um feto não é uma pessoa podem ser usados contra uma criança de seis meses. A ciência não ajuda a identificar o momento quando nos tornamos pessoas.

O que é a Páscoa? Qual é o significado da Páscoa?

Imagem relacionadaA Páscoa é a celebração da morte e ressurreição de Jesus, o acontecimento mais importante para todos os cristãos. É celebrada todos os anos num domingo, entre 22 de Março e 23 de Abril.
O significado da Páscoa
Páscoa vem da palavra hebraica pesah e significa passagem. Para os cristãos é a passagem de Jesus da morte para a vida, trazendo salvação para todos que crêem nele (João 5:24). Quando morreu e ressuscitou, Jesus pagou o preço do pecado e nos deu uma nova oportunidade para ter um relacionamento pessoal com Deus (Romanos 8:1-2). Esse foi o grande objetivo dele ao vir à terra.
A Páscoa tem sido celebrada pelos seguidores de Jesus desde muito cedo na sua História. Hoje, pessoas de todo o mundo se juntam para comemorar essa grande vitória, que mudou suas vidas.
Imagem relacionadaA Páscoa judaica
Os judeus também têm uma festa chamada Páscoa, que é bem mais antiga. Como podemos ler em Êxodo 12, quando Deus tirou o povo hebreu do Egito, enviou primeiro um anjo para matar o filho mais velho de todas as famílias egípcias. Para evitar a praga, Deus mandou os judeus matar um cordeiro por família, em lugar do filho mais velho, e pôr o sangue à volta da porta de casa. Assim, o anjo passou mas não matou os filhos dos hebreus. Nessa noite saíram do Egito. Então, na festa judaica da Páscoa, a “passagem” significa a passagem do anjo da morte.

O Uso de Cerveja e Vinho: Os Conselhos da Bíblia


A Bíblia não se refere em um número de lugares ao vinho e à bebida forte? Não encontramos frequentemente relatos de pessoas bebendo álcool na Bíblia? Não podemos assumir, então, que as Escrituras de modo geral não condenam o uso de bebidas alcoólicas?
É verdade que encontramos frequentemente pessoas tomando álcool na Bíblia e que as Escrituras falam de bebidas alcoólicas, porém precisamos ser cuidadosos para não ler de modo muito superficial tais textos.
Quando o nosso Velho Testamento em Português se refere ao álcool, ele geralmente usa as palavras vinho ou bebida forte. Desse modo em qualquer exame da atitude do Velho Testamento para com o álcool deve ser levado em conta as diferentes palavras Hebraicas traduzidas por estes dois termos Portugueses.

Onde Jesus esteve dos 12 aos 30 anos de idade?

Alguns sugerem que nesse período Cristo Se afastou da Palestina para viver em algum lugar do Extremo Oriente. Outros propõem que nessa época Ele tenha Se ausentado da Terra para visitar outros planetas...
Como os evangelhos não mencionam explicitamente o que ocorreu com Cristo dos 12 aos 30 anos de idade, muitas pessoas se sentem na liberdade de conjecturar a esse respeito. Alguns sugerem que nesse período Cristo Se afastou da Palestina para viver em algum lugar do Extremo Oriente. Outros propõem que nessa época Ele tenha Se ausentado da Terra para visitar outros planetas. Já um terceiro grupo alega que Ele permaneceu na Palestina, vivendo uma vida moral relativamente depravada. Mas, por mais originais que sejam essas teorias não passam meras especulações humanas, destituídas de base bíblica e de comprovação histórica.

A ciência confirma: ter irmãs lhe transforma em uma pessoa melhor


Já foi comprovado por pesquisas que ter irmãos faz com que a pessoa viva por mais tempo, seja mais responsável, diminua o estresse e seja mais pacificadora. Mas ter irmãs pode oferecer ainda mais benefícios.
Ter uma irmã não significa apenas ter alguém para brincar de boneca ou alguém para dividir as roupas. Pode parecer difícil de acreditar quando as irmãs brigavam muito na infância, mas estudos mostram que ter uma irmã oferece muito mais benefícios. Benefícios até para a saúde mental.
O professor assistente, Alex Jensen, do departamento de vida familiar, na Universidade de Brigham Young, explicou ao Huffington Post que ter irmãs ajuda a desenvolver habilidades sociais, como comunicação e negociação.

5 sinais de que essa pessoa não é sua amiga de verdade

A amizade pode ser uma arma poderosa para combater doenças e depressão e até aumentar a expectativa de vida, segundo reportagem do The New York Times.
Um estudo australiano, que durou 10 anos, descobriu que pessoas com um círculo grande de amigos eram 22% menos prováveis de morrer durante o estudo do que outros participantes com menos amigos. Outro estudo feito em Havard comprovou que uma vida social forte pode promover a saúde do cérebro.
"Há tantas coisas sobre famílias e casamento, mas muito pouco sobre amizades. Isso me intriga. Amizade tem mais impacto na nossa saúde psicológica do que relacionamento familiar.", diz Rebecca G. Adams, professora de sociologia na Universidade da Carolina do Norte.

A GENTE SE APAIXONA PELA FORMA COMO NOS TRATAM!

O amor é uma coisa de dentro, algo que atravessa o que há lá fora, adentrando por entre os poros, instalando-se dentro de nós, sem avisar, sem ser visto a olho nu. Nosso íntimo depende de atitudes, daquilo que sentimos, do que nos fazem sentir, para muito além dos olhos.
Num primeiro momento, somos atraídos pela pessoa, em vista de sua aparência, da harmonia entre seus traços, seus gestos, seu sorriso. O belo chama a atenção, em todos os setores de nossas vidas, sejam momentos, sejam objetos, lugares ou pessoas. No entanto, ponto pacífico, a beleza por si só não se sustenta, caso não se acompanhe de essência, daquilo que não vemos, mas é essencial.

ATITUDES DIANTE DAS PERSEGUIÇÕES

Inúmeras mensagens, estudos e livros têm abordado a vida do patriarca Jó, e de todos eles são tirados ensinamentos preciosos para a vida do cristão.
Sua firmeza, integridade e retidão diante de Deus dão-nos a certeza de que mesmo diante de adversidades profundas, jamais o Senhor nos abandona.
“Os olhos do Senhor passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele”. (IICr 16.9)
Percorremos os mais diversos caminhos, ao longo da vida cometemos erros, comemoramos conquistas, e Deus vê tudo isso.
Na verdade estamos, a todo instante sob o olhar de Deus. Mesmo diante de atos que desagradem o coração do Senhor, estamos sob o olhar dEle. È preciso lembrar que o olhar de Deus não é como a idéia pregada durante o período da Idade Média, ou seja, um olhar ditador, um olhar que soma erros para nos “castigar” depois. O olhar de Deus é amável, mas, sobretudo justo.
Porém nos deparamos com algumas situações tão desgastantes a ponto de duvidar desse olhar atento do Senhor sobre a nossa vida.
O sentimento da dúvida é pior do que o conhecimento da verdade. Muitas vezes a verdade abala, surpreende, mas a dúvida corrói, ela mantém a chama da esperança latente, a dúvida não deixa as feridas cicatrizarem.

CONSELHOS PRÁTICOS PARA A PRÁTICA DO PERDÃO

Para aqueles que reconhecem que não há saída a não ser perdoar, mas que, por outro lado, não é algo tão fácil de se fazer, veja alguns conselhos práticos que serão de grande valia.
PRIMEIRO, O PERDÃO NÃO É UM SENTIMENTO, É UMA DECISÃO E TAMBÉM UMA ATITUDE DE FÉ.
O perdão não é por merecimento, logo, não tenho motivação alguma em minhas emoções a perdoar. Não me alegro por ter sido lesado, mas libero aquele que me lesou por uma decisão racional. Portanto, o perdão não flui espontaneamente, deve ser gerado no coração por levar em consideração aquilo que Deus fez por mim e sua ordem de perdoar.
As conseqüências da falta de perdão também devem ser lembradas, para dar mais munição à razão do que à emoção.
É preciso fé para perdoar. Certa ocasião quando Jesus ensinava seus discípulos a perdoarem, foi interrompido por um pedido peculiar:

MOTIVOS PARA VIVERMOS COM OTIMISMO - Rm 8.1-39

LIBERTOS DO JULGAMENTO– NENHUMA CONDENAÇÃO
“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito...” – Rm.8.1-4
Todos estávamos condenados, visto que o salário do pecado é a morte. Mas, Cristo levou sobre si a nossa culpa, morreu a nossa morte, suportou em seu corpo o nosso castigo, bebeu sozinho o cálice da ira de Deus que deveríamos beber, satisfez as demandas da lei em nosso lugar e nos justificou diante do trono de Deus. Por isso, estamos livres de toda condenação.
Ele pagou a nossa dívida. Ele nos absolveu de toda culpa. Ele nos justificou.
LIBERTOS DA DERROTA – NENHUMA OBRIGAÇÃO

ESPERANÇA EM TEMPO DE ANGÚSTIA

“Eu, porém, esperarei no Senhor; esperei no Deus da minha salvação” Mq 7:7
O verso acima, retirado do livro do profeta Miquéias, transmite um estado de confiança constante. Foi pronunciado em um tempo em que Israel, estava sendo invadida pela crença nos deuses de Samaria, os lugares altos repletos de sacrifícios pagãos. Miquéias então, profundamente consternado com a degeneração da nação, escolhe continuar servindo e acreditando que somente o Senhor Jeová seria Seu Refúgio e Fortaleza. Triste, abatido, mas cheio de esperança: “Ai de mim! Porque estou como quando são colhidas as frutas de verão, como os rabiscos da vindima: não há cachos de uvas para comer, nem figos temporãos que a minha alma desejou... Eu, porém, esperarei no Senhor, esperei no Deus da minha salvação” Mq. 7:1-7.