Crescimento Espiritual : O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?

Pesquisar este blog

O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?

Resultado de imagem para O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?Muita gente se pergunta o que é tomar a Santa Ceia indignamente. Essa dúvida está diretamente relacionada ao texto em que Paulo repreende alguns crentes de Corinto que estavam justamente participando da Ceia do Senhor indignamente. Por isso o apóstolo escreve: “Por esse motivo, quem comer do pão ou beber do cálice do Senhor indignamente será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor” (1 Coríntios 11:27).
Por que eles estavam tomando a Ceia indignamente?
Quando Paulo escreveu suas cartas aos coríntios, a comunidade cristã da cidade de Corinto estava enfrentando sérios problemas. Havia a formação de facções entre os membros da igreja. Alguns estavam trazendo ideias e práticas pagãs para os cultos públicos. Outros estavam usando de forma completamente errada os dons espirituais etc.
Naturalmente todo esse ambiente resultou também em problemas na celebração da Santa Ceia do Senhor. Naquela época a Igreja Primitiva tinha o costume de celebrar a Ceia do Senhor nas festas de fraternidade. Essas festas eram chamadas de Agape, isto é, festas do amor. Saiba mais sobre o significado de ágape.
Resultado de imagem para O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?O objetivo primário dessas festas de fraternidade era exprimir a unidade e amor entre os cristãos. Nessas ocasiões os cristãos mais abastados também compartilhavam alimentos com os mais pobres. Mas não era isso que acontecia na prática na igreja de Corinto.
Na verdade os crentes coríntios faziam dessas festas verdadeiros banquetes que favoreciam a glutonaria e a embriaguez de certos grupos. Enquanto isso, outros membros da comunidade ficavam excluídos. Enquanto alguns comiam exageradamente, outros passavam fome. Esse comportamento revelava, inclusive, o contraste social entre aqueles cristãos. Parece que os mais pobres eram envergonhados pelos mais ricos (cf. 1 Coríntios 11:22).
Todo esse comportamento reprovável se estendia na celebração da Santa Ceia do Senhor. Quando chegava o momento de tomar a Ceia, alguns crentes já tinham comido e bebido de mais. O comportamento deles era tão insano que eles transformavam um momento que deveria ser de comunhão com Cristo e com seu Corpo, em uma ocasião de polêmicas, confusões e discussões.
Tudo isso gerava um desvirtuamento do significado e propósito da Ceia do Senhor. Eles não se sentavam à mesa do Senhor apropriadamente, isto é, com o espírito correto, com introspecção, com discernimento e disposição favorável ao importante significado daquela ordenança do Senhor Jesus. Para muitos deles, o participar da Ceia do Senhor simplesmente implicava em comer mais um pedaço de pão e tomar mais um cálice de vinho.
Resultado de imagem para O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?O que significa tomar a Santa Ceia indignamente?
O sentido correto do que seria tomar a Santa Ceia indignamente tem sido debatido ao longo do tempo entre os estudiosos. De fato a expressão “quem comer do pão ou beber do cálice do Senhor indignamente” pode ser aplicada de forma abrangente. Porém, nunca se deve separá-la totalmente de seu contexto.
Na verdade muitas pessoas perdem de vista o contexto original em que essas palavras aparecem. Isso resulta numa interpretação pobre e limitada. Na maioria das vezes as pessoas acabam entendendo que tomar a Santa Ceia indignamente é participar dela tendo em si algum tipo de pecado específico. No entanto, participar da Ceia indignamente é algo muito mais grave.

Num certo sentido, todos nós somos indignos perante o Ceia do Senhor. Por nossos próprios méritos, nenhum de nós poderia ter a pretensão de se achar merecedor de se assentar à mesa do Senhor. Mas por causa dos méritos de Cristo, aqueles que foram redimidos por Ele podem participar da Ceia do Senhor dignamente.
Resultado de imagem para SANTA CEIAEssa dignidade é refletida em uma participação pela fé genuína. Pela fé podemos entender o pleno significado da Ceia do Senhor. Através dela tomamos consciência de que essa solene celebração representa a realidade do auto-sacrifício definitivo e perfeito de Cristo em nosso favor. Então sob esse aspecto, ao participarmos dignamente da Ceia do Senhor estamos genuinamente nos alimentando espiritualmente do próprio Cristo pelo poder do Espírito, e desfrutando da verdadeira comunhão de seu Corpo.
Calvino foi um dos teólogos que mais contribuiu com boas exposições acerca da interpretação adequada da celebração da Ceia. Sobre esse ponto específico, ele defende que participar da Ceia do Senhor dignamente é ter consciência da nossa própria indignidade.
Portanto, tomar a Santa Ceia do Senhor indignamente significa participar dela sem discernir seu verdadeiro propósito e significado. Tomar a Ceia indignamente é permanecer indiferente à comunhão do Corpo de Cristo, desprezando a Igreja de Deus e humilhando aqueles por quem o sangue do Cordeiro foi derramado (1 Coríntios 10:16,17; 11:20).
Portanto, participar da Santa Ceia indignamente é alimentar um espírito amargurado e favorecer uma natureza facciosa. É comer o pão e tomar o cálice com uma atitude ímpia e irrefletida. É olhar para o pecado sem qualquer disposição em se arrepender.
Resultado de imagem para O Que é Tomar a Santa Ceia Indignamente?O perigo de tomar a Santa Ceia indignamente
Por isso tomar a Santa Ceia indignamente é um pecado tão grave. O apóstolo Paulo diz que quem participa da Ceia indignamente torna-se culpado do corpo e do sangue Senhor. Quem toma a Santa Ceia indignamente desonra o corpo e o sangue de Cristo. Por causa da impenitência diante de seu pecado, quem participa da Ceia do Senhor indignamente envergonha e insulta o Filho de Deus.
Ao invés de participar dos benefícios da expiação e proclamar a morte de Cristo, quem toma a Ceia indignamente participa da culpa daqueles que o mataram. Mas então o que deve ser feito? Como não participar da Santa Ceia indignamente?
O apóstolo Paulo fornece uma resposta clara e objetiva. Ele escreve: “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor” (1 Coríntios 11:28,29).
Imagem relacionadaPerceba que Paulo não diz que o crente deve deixar de participar da Ceia do Senhor. Mas também ele definitivamente não encoraja o crente a permanecer em sua atitude descabida. Ele diz: “Examine-se e discirna o Corpo do Senhor”.

Com a expressão “Corpo do Senhor” provavelmente o apóstolo está se referindo tanto ao próprio corpo físico de Cristo quando à Igreja. O corpo de Cristo foi sacrificado para redimir o seu povo. Então estes redimidos são unidos a Ele, formando a Igreja. Por causa dessa união mística a Igreja é chamada de “o Corpo de Cristo”.
Tudo isso significa que para não participar da Ceia indignamente, é preciso discernir a obra redentora de Cristo. É preciso ter ciência de que o pão e vinho representam seu corpo partido e seu sangue derramado. É preciso examinar-se a si mesmo e olhar para suas falhas espirituais com arrependimento e confissão. E é preciso julgar adequadamente a santidade da celebração da comunhão para não ser aquele que tenta destruir a unidade da Igreja.

Postar um comentário