Pesquisar este blog

sábado, 29 de setembro de 2012

É bíblico honrar, dar “troféus” e discos de ouro?


É bíblico elogiar, homenagear ou premiar pessoas na igreja (no culto) por algum trabalho realizado? Tipo destacando os feitos de uma pessoa, já que realizou mais que outras? É correto dar troféus a um crente? Receber disco de ouro e etc.?
Alguém me questionou se baseando nos textos: “dar honra quem tem honra…” “receberemos de acordo o trabalho realizado nos céus”, o que me diz?
Qual diferença no original das palavras “honra”, “reconhecimento”, “glorificar alguém” e “recompensa”?
REFLEXÃO
“Apesar da dignidade dos homens e do dever de honrar uns aos outros, devemos buscar a honra que vem só de Deus. Nossa recompensa vem dos céus. Tudo que fazemos deve ser para glória de Deus, pois não temos capacidade por nós mesmos, mas ela vem de Deus. Caso receba honras ou glórias transfira para Deus” (Mt 6.1-4; 1 Co 15.58; 2 Tm 4.7,8; 2 Co 3.5; Is 42.8; 1 Co 10.31)
Vale a pena refletir os textos abaixo, com muita atenção:
“… porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados.” (I Samuel 2.30)
A Definição de Honra
A palavra honra no dicionário comum tem o seguinte significado: avaliação, apreço, valorização, respeito e gloria. Quando “honramos” uma pessoa falamos que ela é extremamente valiosa aos nossos olhos. Dizemos que quem ela é e o que ela diz tem um peso grande.
A definição de honra biblicamente -
No Velho Testamento, a palavra honra literalmente significava “pesado”. No Novo Testamento, honra significava “um apreço”. Ou seja, honra nada mais é que valor, significa o peso daquela pessoa!
Honra
O apóstolo Pedro disse que o sangue do Filho de Deus era pesado, extremamente precioso e muito mais valorizado do que “coisas corruptíveis, como prata ou ouro” (I Pe 1.18). Honrar a Deus é colocar um valor maior nele do que em qualquer coisa na Terra ou no céu. Da mesma forma, quando “honramos” uma pessoa falamos que ela é extremamente valiosa aos nossos olhos. Dizemos que quem ela é e o que ela diz tem um peso grande. O apóstolo Paulo disse aos Filipenses sobre Epafrodito, “Recebei-o, pois, no Senhor, com toda a alegria, e honrai sempre a homens como esse” (Fp 2.29).
1. Decidir honrar e valorizar mais à Deus e as outras pessoas. Enfatizo a palavra decidir porque honra não é um sentimento, é uma decisão. Deus não ordena sentimentos, mas nos ordena a pensarmos e agirmos de certas formas. Em 1 Pedro 2:17, Deus disse, “tratai todos com honra”.Primeiro temos de decidir que as pessoas são valiosas e principalmente aquelas que Deus pôs sobre nossos cuidados.
2. Agir de acordo com nossa decisão. Enfatizo a palavra agir porque honra envolve fazer, mostrar e expressar.
A DUPLA HONRA PARA A SUA VIDA SE CUMPRIR ESSE PRINCIPIO
“Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.” (Is 61:7)
A definição de desonra - O oposto à honra. A palavra desonra nos dias de Jesus significava “neblina” ou “vapor” que sobe de uma panela de água fervente. Era a coisa mais insignificante para os gregos. Pelo o que falamos e a maneira que tratamos uma pessoa, acabamos demonstrando que ela é de pouco valor para nós; que as suas palavras e seus esforços têm “pouco peso” no nosso modo de pensar.
Desonra
Uma grande ilustração de desonra está em Mateus 27:9-10. (a palavra preço era a mesma palavra grega que honra.) Em outras palavras, eles colocaram o valor do precioso Filho de Deus em trinta moedas de prata. A desonra está na avaliação. Seu valor para Judas era apenas um pouco mais do que o vapor que sobe de uma panela de água. Ele não tinha valor para Judas. Decidir honrar ou valorizar as outras pessoas é crucial para o cristão, a palavra “decidir” porque honra não é um sentimento, é uma decisão. Deus não ordena sentimentos, mas nos ordena a pensarmos e agirmos de certa forma. Veja o que Deus disse sobre honrar: (I Pe 2.17; Rm 12.10; Fp 2.3; I Co 12.23). 
Alguém teve uma idéia brilhante. Decidiram chamar móveis velhos de “antigüidades”. Agora se compram esses móveis velhos por preços absurdos. Até pagam quantidades razoáveis para restaurá-los e parecerem novos. Por que se tornarem antiguidades? Seu valor aumentou. Por quê? Porque decidimos que eles são mais valiosos para nós do que antes. Se podemos fazer isso com móveis, podemos fazer com pessoas.
E SE AS PESSOAS NÃO MERECEM HONRA?
É verdade que algumas pessoas possam não merecer honra devido a sua conduta. Talvez um cônjuge agisse com ódio ou sem amor, ou um filho foi rebelde. Lembram-se do que Pedro disse: “tratai todos com honra” ele continuou a dar exemplos de quem devemos respeitar. Ele disse (I Pe 2.18-25; Rm 12.10). Parece que Pedro estava indicando que nossa obrigação a mostrar honra aos outros não depende da maneira que eles nos tratam. Paulo disse a Timóteo acerca dos idosos (I Tm 5.1) e acerca das autoridades não cristãs (I Tm 6.1). As pessoas talvez não mereçam honra, mas nossa preocupação com Deus e sua glória nos levará a tratar até as pessoas desonrosas com respeito (ver 1 Co 12.19-25; 2 Tm 2.14-21).
Vale a pena observar que o próprio Deus nos deu valor quando não merecíamos nada (Rm 5.8). Isso torna todos os homens iguais. Somos todos pecadores. Nenhum de nós merece honra pela virtude de obediência perfeita ao Senhor. O apóstolo João disse, (I Jo 4.10-11). Apenas quando nos vemos como receptores do favor não merecido de Deus podemos decidir a amar e honrar as pessoas da nossa família, mesmo que elas não “mereçam” nosso amor.
A QUEM DEVEMOS HONRAR?
Honrar a Deus
Não é necessário nem comentar que se devemos honrar os homens quanto mais a Deus! Mt 15.8; ISm 2.30; Ml 1:6; Rm 13.7; Ap 5.13; Mt 15.8
Honrar a Deus através das Finanças
(Provérbios 3:9-10) – “Honra ao SENHOR com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.”
Quando o homem honra a Deus com seus bens ele é abençoado. Em Malaquias 3:10 ; Deuteronômio 28:1-6
Honrar a Família
Quando uma família cresce e prospera não é por acaso. Da mesma forma quando famílias falham não é por acaso. Muitas vezes é porque algum princípio na palavra de Deus tem sido negligenciado. Um princípio frequentemente negligenciado é o da honra. Veja o que diz a palavra sobre o marido honrar a mulher (I Pe 3.7). Sobre a mulher honrar o marido (I Pe 3.1). Sobre os filhos honrarem os pais (Ex 20.12; Ef 6.1-3). A nora para com a sogra (Rt 1.12-17), Aos mais velhos (Pv 16.31) Uns aos outros (Rm 12.10; I Samuel 2:29)
O apóstolo Paulo disse para os maridos ser o cabeça, amarem suas esposas, sacrificarem-se por elas, alimentarem e cuidarem delas. Às esposas foi dito para serem submissas, temerem e respeitarem seus maridos. É dito aos filhos que devem obedecer a seus pais. Há muitas outras coisas que podemos fazer para mostrar que valorizamos as pessoas da nossa família.
A atitude de honra e as ações que acompanham criarão um ambiente saudável e aconchegante onde a família possa crescer.
Mas precisamos tomar o cuidado para não deixar que a família tome o primeiro lugar em nossas vidas e honremos mais a ela do que a Deus.
Honrar as autoridades
No Antigo Testamento, a Bíblia nos mostra a honra e respeito pelos servos fiéis aos profetas e autoridades (I Sm 9:5-8) …Eis que há nesta cidade um homem de Deus, e homem honrado é… Aos pastores (Hb 13:17) Mais o que mais acontece infelizmente é a desonra (Mc 6:4). Jesus sabe o que é a dor da rejeição. Lembrem-se de Mt 23:37, Jesus foi desprezado e rejeitado pelos homens – Ele sabe o que é isso. (Is 53:3; Mt 21:42; Rm 13:1)
Honrar uns aos outros – Independentes do mérito pessoal ou feitos. Honra uns aos é dever nosso, mas nossa recompensa vem de Deus, a obra que estamos fazendo é para Deus e através de Deus(ver 1 Co 12.19-25; 1 Pe 2.11-25; Rm 12.10).
Jo 5.44 - Como podeis vós crer, recebendo honra uns dos outros e não buscando a honra que vem só de Deus?
À Deus toda honra e toda a glória.
Honre e Serás Honrado em nome de Jesus!
Ainda bem que Deus não nos abandona (Sl 27.10).
autor
Robson Santos
Mineiro, formado em Bacharel em Teologia pelo IDBES. Pesquisador da área educacional, teológica, liderança e familiar. Superintendente da EBD de Bela Vista 2007-2012. Atualmente Pastoreando a Igreja AD em Colina, ministro aula teológica há mais de nove anos.
Postar um comentário